Ice library – “Descongele o leitor dentro de você”

Emerson Gabriel Alves, participante do Programa Jovem Monitor/a Cultural, que atua na Biblioteca Pública Municipal Alvares de Azevedo, foi provocado pela gestora do equipamento a pensar em uma solução criativa para uma questão: a Biblioteca recebeu um grande volume de livros que não entrariam no acervo. Foi então que ele resolveu criar o projeto “Ice library – Descongele o leitor dentro de você”, que consiste em criar um ponto de troca de conhecimento por meio de livros, Dvds e informativos.

À esquerda, representando o Casarão, Junior e Ieda. À direita, o jovem monitor Emerson Gabriel. Foto: Emerson Gabriel
À esquerda, representando o Casarão, Junior e Ieda. À direita, o jovem monitor Emerson Gabriel. Foto: Emerson Gabriel

“Com a ideia no papel, partimos para a ação. Entrei em contato com um amigo grafiteiro que, de primeira, aceitou fazer parte da proposta e só me solicitou as tintas. Então conversando com o Fernando, educador do CIEDS que atua com os jovens da região norte, solicitei o material e deu certo”, conta Emerson.

O jovem ainda destaca a questão ambiental ao reaproveitar uma geladeira que não funcionava mais, e ressignificar o seu uso, passando a ser uma prateleira estilizada que permita o acesso aos livros de maneira gratuita.

Com a geladeira já grafitada e com os livros em mãos, Emerson entrou em contato com a equipe do Espaço Casarão Cultural Vila Guilherme. “O espaço tem uma circulação maior de jovens e os livros seriam melhor aproveitados”, revela.

Hoje a Ice Library conta com um acervo de 1.500 livros e 142 DVDs. O acesso é livre para que qualquer pessoa possa pegar ou doar novos exemplares.

O Programa Jovem Monitor/a Cultural é uma política pública da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, com realização do CIEDS, que oferece formação prática e teórica em gestão cultural. Hoje, 220 jovens têm a oportunidade de atuar em divisões da Secretaria e em equipamentos públicos de Cultura, promovendo intervenções e inovando no atendimento ao público.

Por Rafael Biazão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *